25.4 C
Rio de Janeiro

ONU pede ação para conter a crise global da água

Mais lidas

eco21
eco21https://eco21.eco.br
Nossa missão é semear informação ambiental de qualidade.

Soluções inovadoras, ações aceleradas e investimentos robustos são pautas para um mundo com água segura

Com as crescentes pressões sobre a água decorrentes do aumento das demandas de consumo, aumento da poluição e mudanças climáticas, líderes mundiais, sociedade civil, empresas, jovens e outras partes interessadas estão se reunindo na Conferência da Água da ONU 2023, de 22 a 24 de março, na sede da ONU em Nova York para assumir compromissos ousados para enfrentar a crise global da água.

“Isto é mais do que uma conferência sobre a água. É uma conferência sobre o mundo de hoje visto da perspectiva de seu recurso mais importante”, disse o Secretário-geral das Nações Unidas, António Guterres, em seu discurso de abertura. “Esta conferência deve representar um salto quântico na capacidade dos Estados Membros e da comunidade internacional de reconhecer e agir sobre a importância vital da água para a sustentabilidade do nosso mundo e como uma ferramenta para promover a paz e a cooperação internacional.”

O acesso à água potável, saneamento e higiene são as necessidades humanas mais básicas de saúde e bem-estar. Cerca de 2 bilhões de pessoas em todo o mundo ainda não têm acesso à água potável. Mais pessoas têm acesso a telefones celulares do que a banheiros e saneamento, com 80% das águas residuais despejadas sem tratamento no meio ambiente. Mais de 90% dos desastres estão relacionados à água, somando-se com a mudança climática. E a demanda da humanidade por água continua crescendo, sendo que a projeção sobre a necessidade de água doce deve aumentar em mais de 40% até 2050.

Apesar desses desafios, o avanço para um planeta com segurança hídrica ainda é possível. Mas uma ação urgente é necessária agora. Com isso em mente, os líderes mundiais, juntamente com mais de 6.000 membros da sociedade civil, líderes empresariais, jovens e especialistas registrados, estão participando da Conferência da Água da ONU 2023 durante três dias para apresentar soluções inovadoras e compromissos ousados para acelerar a forma de reverter a crise hídrica. Vindo de todos os setores, a Conferência é uma oportunidade de unir a comunidade global em torno de um objetivo comum e desencadear ações reais.

Abertura da Conferência da Água da ONU 2023

“Durante essa conferência, queremos fazer a roda d’água girar”, afirmou Sua Alteza Willem-Alexander, o Rei dos Países Baixos, em seu discurso de abertura. “Não vamos descansar até que a água tenha o lugar que merece nas agendas globais e nos programas políticos. Reuniremos todos os nossos compromissos, promessas e ações em uma Agenda de Ação pela Água.”

O principal resultado da Conferência da Água da ONU de 2023 será a Agenda de Ação pela Água, uma serie de compromissos dos Estados Membros e outras partes interessadas visando apresentar soluções transformadoras para acelerar o progresso do ODS 6. Até o momento, mais de 500 compromissos foram registrados, de governos, agências da ONU, líderes empresariais e sociedade civil, desde o direcionamento de fontes de dados abertos e melhoria da educação sobre a água, até o dimensionamento de práticas eficazes de gerenciamento de água e mobilização de fundos para incentivar ações. Embora muitos compromissos já estejam disponíveis online, os principais anúncios serão feitos durante os três dias da Conferência.

Sobre a Conferência

Coorganizada pelo Reino dos Países Baixos e pela República do Tajiquistão, a Conferência é uma oportunidade única para promover a Agenda de Ação da Água que busca cumprir as metas e objetivos relacionados à acordos internacionais, incluindo aqueles contidos na Agenda 2030 para o Desenvolvimento Sustentável.

Além das sessões plenárias, haverá cinco diálogos interativos:

1) Água para Saúde; 

2) Água para o Desenvolvimento Sustentável; 

3) Água para Clima, Resiliência e Meio Ambiente; 

4) Água para Cooperação  

5) Década de Ação pela Água. 

Também haverá quatro eventos especiais de alto nível e mais de 500 eventos paralelos durante a Conferência.

Água – Cooperação e implementação dos Objetivos de Desenvolvimento Sustentável

A água é fundamental para os Objetivos de Desenvolvimento Sustentável (ODS). Água segura e saneamento adequado para todos – ODS 6 – são indispensáveis para apoiar a realização de todos os ODS, pois sustentam a redução da pobreza, melhoria na saúde, crescimento econômico e ecossistemas sustentáveis.

Embora existam grandes desafios, as soluções são possíveis, pois a gestão da água é fundamental para construir uma economia verde, resiliência climática e um mundo mais sustentável e inclusivo para todos. A ciência, os recursos financeiros e as soluções inovadoras estão disponíveis para enfrentar a crise da água. A Conferência é relevante para promover soluções e gerar vontade política para acelerar o progresso e ação nas metas do ODS 6.

Notícias relacionadas

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here

Últimas notícias

- Advertisement -spot_img