28 C
Rio de Janeiro

Ações em defesa do futuro unem pais e filhos em São Paulo

Mais lidas

eco21
eco21https://eco21.eco.br
Nossa missão é semear informação ambiental de qualidade.

Famílias pelo Clima organizará coleta de lixo na Avenida Paulista; ação inclui coleta de assinaturas pela Amazônia e pela inclusão da segurança climática na Constituição federal

Qual mãe ou pai não quer prover um bom futuro para seu filho? Pensando nisso, um grupo de famílias se reunirá na Avenida Paulista, próximo ao MASP, a partir das 10h deste domingo, 26 de março, para botar a mão na massa – ou melhor, no lixo. Diferentes gerações caminharão unidas, com o propósito de coletar o lixo descartado incorretamente ao longo da avenida.

A ação de plogging (neologismo em inglês que junta os verbos plog, coletar, e jog, andar) é parte da campanha “Defenda o futuro como uma mãe”, promovida pelo Famílias pelo Clima, coletivo brasileiro que integra o Parents for Future – um movimento global de adultos que, inspirados pelo Fridays for Future, decidiram se unir para agir junto com os movimentos climáticos. No Brasil, o grupo começou a se formar em maio de 2019 e atualmente é composto por pais, mães, tios, tias e outros familiares que trabalham de forma voluntária de propositiva pela causa climática.

“Criamos esta campanha para fortalecer o movimento climático de mães e pais do Brasil e mostrar que essa pauta deve ser, cada vez mais, um assunto prioritário na defesa dos direitos das crianças e adolescentes”, explica Clara Ramos, mãe e integrante do Famílias pelo Clima.

Mas o que lixo tem a ver com mudanças climáticas? Tem! “Um dos problemas mais graves do planeta é a poluição por plástico, material que demora até 400 anos para se degradar. Além de poluir, todo esse lixo é matéria-prima que foi extraída, transformada, transportada, consumida e descartada – um processo de produção e consumo que gera os gases de efeito estufa que estão alterando o clima global. Um mundo mais sadio e seguro para as futuras gerações precisa de um clima equilibrado, mas também precisa de um ambiente mais limpo, natureza preservada, cidades mais verdes e padrões sustentáveis de consumo. É isso que queremos passar para nossos filhos e para outras famílias que ainda não se engajaram nesta luta”, explica Clara.

A manhã de coleta de assinaturas e resíduos – apelidada de Cata-Caca – é uma das 13 ideias de ações sustentáveis que podem ser integradas ao dia a dia de pessoas comuns. Elas fazem parte de um kit desenvolvido pela Shoot, estúdio de comunicação que trabalha também com marketing de causas, para o Famílias pelo Clima, e que foi entregue a um grupo de 50 famílias, entre membros do coletivo e influenciadoras.

“Um dos nossos objetivos com essa ação é mostrar que o cuidado com o planeta começa com ações simples, fáceis e que, de certa forma, já fazem parte do nosso dia-a-dia. Afinal, todos nós temos que fazer algo com o lixo: pensar o que fazer com ele e mudar nossa atitude pode fazer muita diferença”, explica Marcos Oliveira, Líder Criativo da Shoot. “Outro objetivo é criar empatia com a causa. Em sua missão de abrigar e cuidar de todas as formas de vida, o planeta Terra está sobrecarregado, assim como a maioria das pessoas. Por isso, optamos por criar um diálogo real, pé no chão, para mostrar como o cuidado com o ambiente alivia a sobrecarga dos humanos e do planeta”, detalha.

Um dos itens que integram o kit é um diário para defender o futuro – um caderno com 15 chamadas para ações individuais e coletivas, como testar a Segunda Sem Carne, assinar abaixo-assinados, consumir produtos de produtores locais, plantar flores que atraem abelhas ou mesmo uma árvore, entre outras sugestões que podem ser construídas em conjunto com o Famílias Pelo Clima.

Diversos itens do kit visam engajar outras pessoas e criar comunidades ativas. Para as mães que moram em condomínios, por exemplo, o kit oferece um adesivo para áreas comuns com uma lista de itens de uso rápido e pontual e um espaço para completar com nome e apartamento de quem pode emprestar. Dessa forma, as famílias poderão estimular a cultura do compartilhamento e fazer objetos circularem mais facilmente. No caso dos abaixo- assinados, a ação de comunicação é uma camiseta com um QR Code que remete à petição pela Lei Mais Urgente do Mundo – proposta que visa incluir a segurança climática na Constituição. A coleta de assinaturas para o PL Amazônia de Pé, por sua vez, é divulgado por cartazes. Na Avenida Paulista, o Famílias pelo Clima também vai divulgar e coletar assinaturas esses dois importantes projetos para o avanço da pauta climática no Brasil.

“Assim como o Cata-Caca, quase todas as ações do kit são coletivas, visando justamente criar um espírito de coletividade. A dupla crise ambiental e climática que a humanidade enfrenta só será superada com a participação de todos. Podemos e devemos contribuir com as soluções, tanto nos nossos hábitos diários, como pressionando governos, empresas e agentes financeiros. Se cada um cumprir sua parte, não haverá sobrecarga – nem para mães, nem para a grande mãe Terra”, conclui Marcos.

Sobre Famílias pelo Clima – O Famílias pelo Clima faz parte do Parents for Future, um movimento global de adultos que, inspirados pelo Fridays for Future, decidiram se unir para agir junto com os movimentos climáticos do Brasil. Trata-se de um movimento global formado por cidadãos, que atua de forma descentralizada e é liderado por voluntários. No Brasil, o grupo começou a se formar em maio de 2019 e é composto por pais, mães, tios, tias e outros familiares que trabalham de forma voluntária de propositiva pela causa climática. Para integrar esse movimento não é necessário ter filhos. Mais informações em https://familiaspeloclima.org/sobre/

Notícias relacionadas

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here

Últimas notícias

- Advertisement -spot_img