22 C
Rio de Janeiro

Residências com energia solar ultrapassam R$ 60,5 bilhões de investimentos acumulados no País, segundo fintech

Mais lidas

eco21
eco21https://eco21.eco.br
Nossa missão é semear informação ambiental de qualidade.

De acordo com levantamento da plataforma Meu Financiamento Solar, tecnologia fotovoltaica está presente em mais de 1,6 milhão de casas espalhadas em cerca de 5,5 mil municípios, de todas as regiões brasileiras
 

Os telhados com energia solar nas residências brasileiras acabam de ultrapassar o montante de R$ 60,5 bilhões de investimentos acumulados no País, segundo mapeamento da fintech Meu Financiamento Solar, especializada em financiamento para projetos fotovoltaicos de geração própria de energia no Brasil.
 
De acordo com o levantamento, feito com base em dados oficiais da Agência Nacional de Energia Elétrica (ANEEL) e da Associação Brasileira de Energia Solar Fotovoltaica (ABSOLAR), a potência instalada de energia solar nas casas dos brasileiros ultrapassa a marca de 12 gigawatts (GW), quase a capacidade da usina de Itaipu, a segunda maior do mundo e que possui 14 GW.   

Pelo mapeamento do Meu Financiamento Solar, a tecnologia fotovoltaica está presente em mais de 1,6 milhão de residências espalhadas em cerca de 5,5 mil municípios, de todas as regiões brasileiras. Como os telhados e pequenos terrenos solares enviam créditos de energia, em várias situações, para mais de um consumidor, as 1,6 milhão de conexões chegam abastecer atualmente mais de 2 milhões de unidades consumidoras da classe residencial.

O total de potência instalada de geração própria de energia solar no Brasil, incluindo residências, comércios, indústrias e propriedades rurais, chega hoje a 24 GW, cerca da metade está presente nas casas brasileiras.

Para Carolina Reis, diretora do Meu Financiamento Solar, o crescimento da energia solar nas residências fortalece a sustentabilidade, alivia o orçamento das famílias e amplia a possibilidade de os brasileiros investirem em áreas mais essenciais, como saúde, educação e alimentação, por exemplo.

“O crescimento da geração própria da energia fotovoltaica nos telhados das residências movimenta de forma virtuosa a economia nacional, ampliando a atração de capital e impulsiona a geração de mais emprego e renda aos brasileiros”, acrescenta Carolina.

Notícias relacionadas

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here

Últimas notícias

- Advertisement -spot_img