28.1 C
Rio de Janeiro
spot_imgspot_imgspot_img
spot_img

Comer vai nos levar à extinção

Mais lidas

eco21
eco21https://eco21.eco.br
Nossa missão é semear informação ambiental de qualidade.

O

Como a indústria alimentícia é insensata? Como o planeta paga o preço? São estas as indagações que fazemos ao assistir o filme ” Comer vai nos levar à extinção “, a reflexão é fundamental para evitar um colapso ecológico.


O filme mostra como mudanças simples na maneira como nos alimentamos podem ajudar a deter as transformações climáticas catastróficas e restaurar nosso planeta. Durante oitenta minutos, o filme faz um mapeamento de lugares, no mundo todo, onde o meio ambiente está ameaçado. No Brasil, foram feitos registros na Amazônia e em Mato Grosso do Sul. Foram feitos depoimentos com povos indígenas – os mais ameaçados por todas estas mudanças – além de cientistas e líderes internacionais. O documentário vem na esteira do recente Relatório Climático do IPCC da ONU sobre o chamado à ação “agora ou nunca” e destaca a urgência necessária para proteger o planeta, expondo que a pecuária é responsável por 80% do desmatamento da Amazônia, além da estimativa de que um milhão de espécies estão em risco de extinção.

Das profundezas da floresta amazônica às montanhas taiwanesas, ao deserto da Mongólia, ao Dust Bowl dos EUA, aos fiordes noruegueses e às costas escocesas, o filme conta a história do planeta por meio de depoimentos chocantes, com relatos pungentes de povos indígenas afetados e depoimentos de figuras de renome global e cientistas. O documentário envia uma mensagem simples, mas impactante, revelando verdades duras e abordando uma questão urgente: o colapso ecológico.

Foto de making of do filme “Comendo a caminho da extinção”

A produção do filme é da Broxstar Productions, com co-direção de Otto e Ludovic Brockway. Este último também assina a produção junto com Kian Tavakkoli e Mark Galvin. Entre os produtores executivos do filme estão Kate Winslet, Magnus Hollo, Ivan Orlic – da Seine Pictures -, Lauren Mekhael, James Wilks, Joseph Pace e Susan Vitka, além de Sir Richard Branson e Tony Robbins.
O filme chamará a atenção de quem também assistiu “Uma verdade inconveniente”, “A corrida contra a extinção” e “The Game Changers (sem título nacional). “É um filme que vai de encontro a quem está interessado no futuro do planeta e dos que querem entender melhor o verdadeiro custo do que comemos”, afirma o produtor Mark Galvin.


SOBRE BROXSTAR PRODUCTIONS – é uma produtora sediada em Londres que desenvolve e produz documentários de destaque. A empresa concentra sua energia na criação de conteúdo que ajuda a impactar mudanças positivas reais e duradouras no mundo.

Foto de making of do filme “Comendo a caminho da extinção”, que foi filmando em RED

Notícias relacionadas

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here

Últimas notícias

- Publicidade -spot_img