Salvador sedia em agosto Semana do Clima da América Latina e Caribe

36


Rudá Capriles || ECO21

Em meio a crescentes apelos por uma ação climática mais forte e mais rápida, a Semana do Clima da América Latina e Caribe, que acontecerá de 19 a 23 de Agosto na cidade de Salvador (BA), deverá impulsionar a resposta da região à atual emergência climática.

Realizada todos os anos em África, América Latina e Caribe e Ásia-Pacífico, as Semanas Regionais do Clima são plataformas colaborativas únicas para partes governamentais e ONGs abordarem a amplitude das questões climáticas sob uma estrutura única e com união de propósitos. Reunir diversas partes interessadas dos setores público e privado dentro do objetivo comum de abordar a mudança climática é o principal objetivo das Semanas Regionais do Clima.

Cidade de Salvador

Sediada pelo governo brasileiro, a Semana do Clima é organizada em parceria com organizações internacionais e regionais e pela cidade Salvador. A agenda do evento já está disponível online (www.regionalclimateweeks.org), apresentando um cronograma dinâmico de atividades que demonstrarão a crescente ambição climática em toda a região, desde discussões técnicas até diálogos temáticos.

Ministros brasileiros e de outros países da região, o Prefeito de Salvador, autoridades locais, líderes regionais dos setores públicos e privados, oficiais da ONU e a sociedade civil se reunirão para um “Diálogo de Alto Nível”. É necessária liderança dos mais altos níveis para preencher a lacuna de ambição dos atuais planos climáticos nacionais (conhecidos como Contribuições Nacionalmente Determinadas ou NDCs), a fim de cumprir as metas do Acordo de Paris de limitar a elevação da temperatura média global a 1,5°C e alcançar a neutralidade de carbono até 2050.

Para impulsionar a ambição e acelerar a implementação do Acordo de Paris e da Agenda 2030 para o Desenvolvimento Sustentável, os resultados da semana alimentarão os debates da Cúpula sobre a Ação Climática, organizada pelo Secretário-Geral da ONU, António Guterres, a ser realizada em 23 de Setembro próximo, em Nova Iorque. Líderes, formuladores de políticas, atores regionais e globais se engajarão em discussões aprofundadas sobre 4 dos 9 temas da Cúpula sobre a Ação Climática: transição energética, Transição da Indústria, Infraestrutura, Cidades e Governos Locais; e Soluções baseadas na natureza.

A Semana do Clima da América Latina e Caribe é uma ocasião para discutir desafios e oportunidades para a ação climática dentro da perspectiva latino-americana e caribenha. O evento será a chance de atores-chave de vários setores convocarem, aprenderem e trocarem conhecimentos e melhores práticas, para planejar e criar conjuntamente novas iniciativas de ação climática.

Demonstração de ações na região

De forma paralela à agenda de eventos, atores climáticos de toda a região são convidados a mostrar soluções climáticas inovadoras através das seguintes ações:

• Eventos Paralelos – Dão a oportunidade às organizações para conduzir uma sessão sobre temas alinhados à agenda de 2019 do evento.

• Hub de Ação – Proporciona uma plataforma para demonstração de ideias e soluções climáticas inovadoras.

• Estandes de Exposição – Oferecem oportunidades às organizações para apresentar seus trabalhos durante o evento.

• Esquina do Conhecimento – Proporciona às ONGs, organizações juvenis e também instituições de educação a possibilidade de exibir seus trabalhos num estande compartilhado.

Organizadores

Sediada pela cidade de Salvador, a Semana do Clima da América Latina e Caribe 2019 é co-organizada por: Convenção sobre Mudanças Climáticas; Parceria de Marrakesh para a Ação Climática Global; PNUD; ONU Meio Ambiente; UNEP DTU Partnership; Banco Mundial; BID; Estratégia de Desenvolvimento de Pequenas Emissões (LEDS); Organização Latino-Americana de Energia (OLADE); Banco de Desenvolvimento da América Latina e a Associação Internacional de Comércio de Emissões (IETA).

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui