Fundação SOS Mata Atlântica abre inscrições para terceira turma do curso on-line “Somos Mata Atlântica” no interior de São Paulo e Minas Gerais

Foto: Dariusz Sankowski - Pixabay



Com inscrições abertas até 30 de julho, formação gratuita reforça a importância da
conservação e da restauração da floresta

Estão abertas as inscrições para a 3ª turma do curso on-line “Somos Mata Atlântica”, que oferece conteúdos e proporciona reflexões sobre diferentes conceitos relacionados ao bioma mais ameaçado do Brasil – como a dinâmica dos ecossistemas, recuperação das florestas, água, fauna e áreas protegidas, entre outras. A formação é realizada em parceria entre a Fundação SOS Mata Atlântica e a AES Brasil, empresa geradora de energia renovável, cujas usinas hidrelétricas (UHEs) estão localizadas em área de abrangência da Mata Atlântica no Estado de São Paulo e têm viabilizado a restauração florestal na região.

O curso é direcionado a professores e gestores municipais das cidades do entorno das operações da AES Brasil: Águas de São Pedro, Anhembi, Arealva, Bariri, Barra Bonita, Boraceia, Botelhos, Botucatu, Caconde, Conchas, Dois Córregos, Iacanga, Ibitinga, Igaraçu do Tietê, Itaju, Itapira, Itapuí, Jaú, Laranjal Paulista, Macatuba, Mineiros do Tietê, Mococa, Mogi Guaçu, Mogi Mirim, Pederneiras, Piracicaba, Poços de Caldas, Santa Maria da Serra, São José do Rio Pardo, São Manuel e São Pedro.

“A sustentabilidade e o meio ambiente pautam os negócios da AES Brasil, apoiar iniciativas que disseminam conhecimentos tão valiosos sobre estas temáticas, capacitando profissionais, gestores públicos e interessados de maneira geral vem ao encontro do nosso compromisso em contribuir com o desenvolvimento ambiental e social das comunidades próximas às nossas operações”, afirma Larissa Vanuchi, Engenheira de Meio Ambiente na AES Brasil.

“‘Somos Mata Atlântica’ propõe uma nova abordagem da aprendizagem das temáticas
ambientais, buscando oferecer aos participantes um novo olhar sobre a importância da
conservação do bioma onde eles vivem de forma prática e individualizada, incluindo elementos vivenciais que podem ser utilizados para a multiplicação do tema em escolas ou mesmo no dia a dia”, afirma Kelly De Marchi, educadora ambiental da Fundação SOS Mata Atlântica.

O curso com tutoria será executado de forma online pelo Instituto Romã, que atua nas áreas de educação e desenvolvimento humano, com a facilitação da aprendizagem com a natureza, de forma sensível e profunda. Será emitido um certificado após a conclusão das atividades práticas e entrega do projeto final. A participação é gratuita, com vagas limitadas a 50 participantes. Para realizar a inscrição ou obter mais informações, acesse: https://forms.office.com/r/xyLbNsNQdQ.

Serviço:

3ª edição do curso on-line ‘Somos Mata Atlântica’

As inscrições estão abertas até 30 de julho e os selecionados serão informados por e-mail no dia 2 de agosto


Período do curso: 09 de agosto a 20 de outubro de 2021
Carga horária: 40h
Formato: 100% online, com conteúdos disponibilizados semanalmente e encontros ao vivo quinzenalmente.
Mais informações e inscrições pelo link: https://forms.office.com/r/xyLbNsNQdQ

Sobre a Fundação SOS Mata Atlântica

A Fundação SOS Mata Atlântica é uma ONG ambiental brasileira que tem como missão inspirar a sociedade na defesa da Mata Atlântica. Atua na promoção de políticas públicas para a conservação do bioma mais ameaçado do Brasil por meio do monitoramento da floresta, produção de estudos, projetos demonstrativos, diálogo com setores públicos e privados, aprimoramento da legislação ambiental, comunicação e engajamento da sociedade.

Sobre a AES Brasil

Acelerando o futuro da energia há mais de 20 anos, a AES Brasil é uma empresa geradora a partir de fontes 100% renováveis, que atua como plataforma integrada adaptável às demandas dos clientes. As soluções oferecidas pela companhia são customizadas, sempre buscando agregar valor e contribuir para a sustentabilidade do planeta.
Atualmente, a AES Brasil conta com um portfólio de ativos renováveis com uma capacidade instalada total de 4.217,4 MW, sendo 2.658,4 MW hídrico, 1.264,9 MW eólico e 294,1 MW solar. Além disso, a Companhia possui em desenvolvimento parte de seu pipeline eólico, ainda em negociação, que poderá adicionar até 1.160,40 MW de capacidade instalada. Após a finalização dos projetos em desenvolvimento e pertencentes ao pipeline, o portfólio da Companhia contará com 5,5 GW de capacidade instalada.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui