Empresa alemã desenvolve instalação urbana com musgo para reduzir poluição nas cidades



Flora Pereira || Jornalista do Programa das Nações Unidas para o Meio Ambiente

Quando Peter Sänger, de 26 anos, e Liang Wu, de 34, se juntaram, perceberam imediatamente que tinham algo em comum. Ambos firmes defensores da luta contra a poluição do ar na Alemanha, eles acreditam que, se você não pode medi-la, não poderá vencê-la.

É por isso que eles fundaram a Green City Solutions — uma solução para quantificar a poluição e purificar o ar das cidades por meio de instalações urbanas com musgos.

Liang Wu

Sua invenção, a CityTree, atua tanto como purificador de ar quanto como um display de plantas. Produzidas com base na ciência, as “árvores” verticais de painéis planos espalhados por cidades da Europa “comem” a poluição do ar e ao mesmo tempo servem de assentos para pedestres.

A visão de Sänger e Wu é de um mundo em que as pessoas nas cidades possam viver de forma saudável. Eles esperam criar condições de vida que permitam a todas as pessoas no mundo ter permanentemente ar limpo para respirar.

O musgo naturalmente filtra os poluentes do ar com muita eficácia. Usando tecnologia remota, a CityTree combina esse fator purificador de ar com essa tecnologia para aumentar o fluxo de ar através das “árvores”. Isso permite que elas “suguem” e limpem mais ar do que o normal, e a quantidade de ar filtrado pode ser aumentada dependendo dos níveis de poluição em diferentes momentos do dia.

A empresa alemã de tecnologia verde é agora financiada pela Comissão Europeia para criar e testar cientificamente uma rede CityTree de 15 unidades em pontos críticos de poluição em Berlim no próximo ano.

O chefe do Departamento de Água Doce, Terra e Clima da ONU Meio Ambiente, Tim Christophersen, disse que especialmente no período que antecede a Cúpula sobre Ação Climática de 2019 — que se concentrará nas cidades, em soluções baseadas na natureza e na resiliência às mudanças do clima — as árvores são cada vez mais reconhecidas como recursos vitais.

“A natureza pode nos ajudar a superar muitos problemas ambientais criados pelo homem, e precisamos de soluções criativas. A CityTree pode ser implantada em pontos críticos de poluição do ar, como uma adição interessante para árvores urbanas e espaços verdes, em que as cidades também devem investir.”

Conversamos com os co-fundadores da empresa Green City Solutions e os inventores da CityTree, Sänger e Wu, para descobrir o que os inspirou em sua missão de combater a poluição do ar e quais são seus planos para o futuro.

O que te inspirou a combater a poluição do ar e por que você acha que isso é um problema?

Peter Sänger

Todos os dias, 90% dos habitantes das cidades respiram ar poluído, causando mortes e doenças. Os principais componentes da poluição do ar são o óxido de nitrogênio, o ozônio e especialmente a poeira fina, ou partículas, que encurtam nossa vida útil. Ao mesmo tempo, nossa população global está se mudando para áreas urbanas em números sem precedentes.

Como começou a Green City Solutions?

A Green City Solutions é baseada em nossa amizade de longa data. Em viagens para a Ásia e para o sul da Europa (…), vivenciamos as consequências negativas do ar poluído e a acumulação maciça de calor nas regiões metropolitanas, e começamos a procurar soluções ecológicas e econômicas. Fundamos a Green City Solutions em março de 2014 com uma equipe de especialistas em arquitetura, informática, engenharia e horticultura. Nossa ambição era e ainda é melhorar a qualidade do ar em ambientes urbanos com uma solução altamente eficiente e sustentável para melhorar a qualidade de vida das pessoas nas cidades.

Quais desafios você enfrentou ao longo do caminho e como você os superou?

Inventar e introduzir uma nova tecnologia sempre requer muita energia, convencer as pessoas e uma paixão interminável — junto com financiamento e apoio suficientes de parceiros e instituições. Isso só pode ser bem sucedido quando você realmente acredita em sua solução e quando você tem uma visão que é grande e importante o suficiente para impulsionar você e sua equipe.

Você pode compartilhar os impactos positivos da implementação do seu projeto até agora?

Produzimos e vendemos com sucesso 50 unidades da primeira geração da nossa CityTree para cidades e empresas em toda a Europa. Este foi um tremendo sucesso e nos forneceu muitos insights valiosos e dados extremamente úteis.

Para onde mais você pretende levar sua invenção?

As CityTrees já podem ser encontradas em Noruega, França, Alemanha, Bélgica, Macedônia e Hong Kong. Nosso produto também foi temporariamente implantado em muitas conferências, feiras e eventos nas cidades alemãs graças ao seu design móvel e independente.

Como você mede o impacto das árvores? Quanta poluição do ar elas estão “limpando”?

Green CityTree

A CityTree, que foi patenteada, é um filtro de musgo com ventilação integrada, um sistema de irrigação e sensores para capturar dados ambientais. As culturas de musgo literalmente comem material particulado e dióxido de nitrogênio do ar — compensando muitas toneladas de CO2 equivalentes por ano. Medimos e testamos nosso filtro em cooperação com muitas instituições científicas, como o Instituto de Manuseio e Refrigeração de Ar em Dresden, para medir sua eficiência.

Qual é a sua esperança para o futuro em termos de combate à poluição do ar?

Melhoramos e desenvolvermos permanentemente nossa tecnologia e, a partir deste mês, nossa nova geração de produtos — agora escalável e adaptável — está disponível. Esperamos encontrar em breve os clientes e parceiros certos para ampliar nossa solução para que ela se torne um componente natural de qualquer prédio ou infraestrutura.

Nosso filtro de musgo pode ser adaptado a qualquer ambiente. A construção contém sensores que coletam dados ambientais e climáticos para regular e controlar a unidade e garantir que o musgo sobreviva. Graças às nossas inovações e melhorias técnicas, a nova geração de filtros exigirá apenas algumas horas de manutenção por ano. Mas serão necessários mais esforços dos governos, das empresas e de cada um de nós para mudar a situação. Nossa solução só pode ser uma pequena peça do quebra-cabeça.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui